Inovar é importante tanto como ser um bom advogado

Como ser um bom advogado

Durante séculos, saber como ser um bom advogado foi uma maneira garantida de bons negócios e sucesso na carreira.

Se você fosse o melhor dos melhores, os clientes reconheceriam e se lembrariam de você por sua eficiência no conhecimento das leis e continuariam voltando com mais trabalho.

Isso não é necessariamente o cenário atual no universo jurídico.

Então, como ser um bom advogado?

Embora fortes habilidades legais certamente ainda sejam importantes, elas não são mais a única característica que os clientes buscam em seus conselhos.

No mundo digital de hoje, os clientes exigem mais de escritórios de advocacia, mais especificamente na área da inovação.

Longe vão os dias em que os advogados podiam resistir aos avanços tecnológicos e depender unicamente de conhecimentos jurídicos. O atraso tecnológico agora significa ser superado por sua concorrência.

As empresas dependem cada vez mais de tecnologia e inovação para agilizar seus próprios fluxos de trabalho e determinar o trabalho de terceirização para as empresas.

Por sua vez, os clientes esperam ver o mesmo compromisso com a inovação por parte dos escritórios de advocacia. Então, na nova visão dos clientes, ser um bom advogado é ter novos meios de interação advogado-cliente que levam a uma maior eficiência e fornecem os conselhos e relatórios que eles precisam em tempo real.

Para muitos clientes, esperar um advogado para gerar manualmente um relatório ou ter uma abertura disponível para discutir o status de um caso já não é aceitável.

Este modelo de engajamento tradicional para advogados e clientes está incompleto e está rapidamente se tornando obsoleto.

A transformação digital é o novo modelo que deve se tornar habitual, e os escritórios de advocacia precisam embarcar se quiserem permanecer competitivos.

Como ser um bom advogado inovador

As inovações que você pode oferecer aos seus clientes não estão limitadas apenas pelas restrições do seu departamento de TI e sua compreensão das novas ferramentas disponíveis para os advogados.

No mercado competitivo de hoje, quanto mais inovações você puder oferecer, melhor.

Os aplicativos de engajamento de clientes, portais interativos e painéis em tempo real são o futuro da comunicação advogado-cliente.

Pegue, por exemplo, um assunto de patentes. Normalmente, uma patente é processo que se move através de uma série de etapas no processo de inscrição.

Tradicionalmente, os advogados se atualizam manualmente sobre o andamento desses processos, e da mesma forma informam seus clientes para atualizá-los sobre o status da patente.

 Hoje, os clientes querem ter essas informações em tempo real, e não há motivo para não. Com um painel de controle dentro do seu software jurídico é possível atualizar o status e fazer o monitoramento processual.

As interfaces dos softwares jurídicos são criadas para oferecer aos advogados acesso instantâneo a informações sobre o status das tramitações de litígio.

Ao invés de confiar em documentos de ida e volta e chamadas telefônicas para atualizações, você pode estabelecer uma forma de comunicação que fornece uma representação visual de como está o andamento do processo.

Veja: Transformando informações em resultados

Embora a informação apresentada pelos advogados não seja nova, a forma como está sendo apresentada é.

Com a transformação digital, você está levando os relatórios tradicionais que os clientes receberiam – tipicamente após um atraso, porque leva tempo para prepará-los manualmente – e transformando essas mesmas informações em gráficos, e outras representações digitais que dão tempo real dados sobre os estágios do processo e os resultados que os clientes podem entender de relance.

Daqui para frente

Embora esses tipos de inovações possam ter sido vistos como um luxo, eles estão se tornando uma necessidade na prática moderna do direito.

Os departamentos jurídicos internos estão cada vez mais preenchendo as novas gerações de advogados habituados a receber e processar informações digitalmente.

O resultado é que seus clientes estão exigindo inovação, e há uma divisão enorme entre os escritórios que oferecem e os que não.

Um dos maiores erros cometidos por escritórios de advocacia e tentar realizar transformação digital por conta própria. Fornecer os tipos de inovação que os clientes desejam requer ciência da computação e dados, além de trabalhar com os advogados, que continuam sendo especialistas em assuntos legais.

Somente em parceria com empresas especialistas em tecnologia e cultivando um ecossistema de fornecedores dedicados à inovação legal, os escritórios podem realmente esperar obter o nível de inovação necessário para se manter competitivo no mundo digital de hoje. 

Determinar como transformar digitalmente um assunto do universo jurídico exige uma dinâmica diferente de trabalho. Contar com um software jurídico é a chave para repetir a longevidade do escritório e reafirmar o caminho de como ser um bom advogado.

Leia mais:

Planejamento estratégico para advogados: caminho para o sucesso

Bons Frutos! Mas e o financeiro?

Melhor software jurídico: tudo que você precisa saber

Gostou? Compartilhe conosco a sua experiência, deixe seus comentários e dicas.  Envie a sua sugestão. Deixe seu e-mail para ter acesso a conteúdo exclusivo.

0 I like it
0 I don't like it

Aviso Urgente

Aviso Urgente

Temos mais de quatro décadas de história e o foco de nosso trabalho continua sendo oferecer soluções que signifique segurança, confiança e comodidade para prática da advocacia. Transforme suas informações em resultados com a Aviso Urgente.

Deixe seu comentário

3 Comentários

Deixe o seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *